Contra-indicações

A massagem à grávida é um momento que já de si tem vários benefícios, conforme dissemos anteriormente. No entanto, deve ser realizada por um profissional devidamente treinado, pois existem algumas contra-indicações na gravidez que têm de ser consideradas. 

Para além das contra-indicações pessoais, existem também contra-indicações clínicas que convém estar atento para que a massagem corra sempre de forma positiva e relaxada. 

Sendo assim, e resumidamente, as contra-indicações absolutas para a realização da massagem são:

  • Ruptura de bolsa;
  • Gravidez de alto risco;
  • Convulsões;
  • Realização de amniocentese nos últimos 15 dias ;
  • Gravidez sem assistência pré-natal. 

Se tem alguma dúvida relativa às contra-indicações na gravidez para a massagem, contacte-nos!

MARTA BRAZÃO